top of page

VULT LANÇA PELA PRIMEIRA VEZ PRODUTO SOCIAL COM 100% DA RENDA REVERTIDA PARA PROJETO DE APOIO ÀS MULHERES QUE ENFRENTARAM A VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

A iniciativa apoiará programa odontológico da ONG Turma do Bem e conta com a parceria do Instituto Maria da Penha para promover debates e contribuir com o enfrentamento da violência doméstica e familiar contra a mulher



Imagine se existisse um batom que fosse capaz de resgatar o sorriso e a autoestima de uma mulher vítima de violência doméstica? Foi com essa premissa que Vult, pertencente ao Grupo Boticário e uma das líderes do mercado de beleza do país, se uniu à Turma do Bem e ao Instituto Maria da Penha para lançar o projeto “Isso é Mais que um Batom.

 

De fato, é bem mais que um batom! Por trás desse produto social, a marca traz as histórias da Marli Timóteo, Mônica de Melo e da Rosângela Rosa, que vivenciaram situações de violência e tiveram sua dentição afetada durante as agressões. Como ponto de partida para o movimento lançado pela marca neste mês de março, Vult já viabilizou a transformação dos sorrisos dessas brasileiras, atendidas pela ONG Turma do Bem, a partir do projeto Apolônias do Bem, que oferece tratamento odontológico integral e gratuito às mulheres que tiveram a dentição afetada em situações de violência. Agora, para colaborar com uma transformação na sociedade a partir da inspiração e da representatividade, Vult, quer ajudar mais mulheres que enfrentaram essa triste realidade.

 

“Sabemos que onde existe violência não existe orgulho e, com essa iniciativa, temos a missão de ajudar milhares de mulheres que sofrem diariamente pela grave situação de violência doméstica a recuperarem seu orgulho e autoestima. Queremos conscientizar a população e multiplicar esses sorrisos, ampliando a voz dessas brasileiras para que possam inspirar a nossa sociedade e também outras mulheres a se empoderarem”, afirma Renata Gomide, VP de Consumer do Grupo Boticário.

 

Por isso, Vult está lançando um batom especial que leva o nome "Isso não é só um batom", e irá reverter 100% do valor das vendas para a Turma do Bem, ajudando assim mais mulheres que sofrem e precisam de ajuda, para que elas ganhem seus tratamentos dentários de forma integral. “A violência é uma realidade que afeta mulheres de todas as classes sociais, idades, etnias e regiões e deve ser entendida como um problema estrutural. Acreditamos que não existe uma solução isolada e, por impactar a sociedade como um todo, entendemos a importância do protagonismo de cada um de nós na mudança desta realidade. Por isso, junto à Turma do Bem, que gerencia a maior rede de voluntariado especializado do mundo, convidamos a todos que se engajem nessa causa e apoiem o recomeço de mulheres que sofrem agressões e têm os seus sorrisos arrancados”, reforça Renata.

 

A parceria entre Vult e Turma do Bem se consolida através do Projeto Apolônias do Bem - cujo nome representa uma personagem morta no ano 249 após ser espancada e ter seus dentes arrancados, fazendo contexto com o cenário de feminicídio atual do país.

 

As beneficiárias são selecionadas por meio de triagens, quando passam por um rápido exame oral, não invasivo, e respondem ao OHIP (sigla em inglês, que significa Perfil de Impacto de Saúde Oral), uma ferramenta científica que mede o impacto da saúde bucal na qualidade de vida de uma pessoa.

 

São priorizadas as mulheres com problemas odontológicos mais graves, OHIP mais alto, que estão fora do ciclo de violência, que sustentam a família ou retomaram os estudos. Uma vez no programa, as beneficiárias e os profissionais que as atendem são acompanhados pelos funcionários da Turma do Bem até que os tratamentos se encerrem. "Nosso trabalho não foca apenas na estética, mas, especialmente, em devolver dignidade para as pacientes, tornando-as inteiras novamente. São histórias de dor e violência que destruíram a autoestima destas mulheres. Quando elas chegam no consultório, algumas trazem consigo um batom desgastado, seco, quase um símbolo da perseverança, prontas para pintar os lábios com um novo sorriso. Com o tempo, compreendi a magnitude desse simples gesto, o quanto representa para elas: o renascimento. E para que nosso trabalho siga em frente, dependemos do apoio e do engajamento da sociedade. Só assim conseguiremos alcançar um maior número de mulheres que, muitas vezes, precisam desse primeiro passo para recomeçar suas vidas”, ressalta o dentista Fábio Bibancos, que lidera o projeto.

 

O batom na cor marsala em edição limitada tem acabamento matte aveludado, textura confortável, alta pigmentação e cobertura duradoura. Com fórmula enriquecida com Vitamina E, Pantenol e Óleo de Rícino, contém ainda ativos hidratantes. Sua composição também apresenta Tecnologia Real Color: alta pigmentação e cores fiéis da embalagem à sua pele, além de ser vegano e cruelty free (R$25). O produto social está disponível no e-commerce da marca.

 

Informar para prevenir

Vult busca resgatar o orgulho da trajetória das mulheres e acredita que toda mulher pode voar alto e, por isso, desde 2017 já impactou a vida de milhares de brasileiras através da transformação social com o projeto 220 Vults, que leva a beleza como instrumento de emancipação financeira. Segundo Renata Gomide, VP de Consumer do Grupo Boticário, não há como contribuir com a autonomia, independência e autoestima de uma mulher sem levar em conta o contexto em que elas vivem. “Acreditamos que a educação, conscientização e empoderamento são os melhores caminhos para enfrentar a violência doméstica e familiar contra a mulher e, assim, potencializar o voo dessas brasileiras. Com essa ação, damos mais um importante passo para consolidar o compromisso de Vult neste território”, reforça Renata.


De acordo com a pesquisa do Instituto DataSenado, o índice de mulheres que sofreram violência doméstica varia de acordo com a renda, considerando um cenário de 64% das brasileiras que recebem mais de seis salários mínimos e declaram ter sofrido violência física, podendo chegar ao índice de 79% entre mulheres com renda de até dois salários mínimos. Tal resultado também indica que a dependência financeira é fator de vulnerabilidade da mulher à violência e, que, neste caso, as chances de reportar a agressão diminuem.


“Entre as principais dificuldades para a denúncia está a dependência financeira, pois em muitos casos a pessoa agressora  limita e isola essa mulher, impossibilitando que ela estude ou trabalhe. A violência doméstica é um problema estrutural, que precisa ser tratado, dentre outras iniciativas, através da educação e da informação, para que possamos vislumbrar mudanças em médio e longo prazo. Por isso, em parceria com Vult, desenvolvemos o módulo do curso “Resgate seu orgulho e empodere-se", que tratará do enfrentamento à violência doméstica e familiar contra a mulher. Este curso será oferecido gratuitamente pela marca para mulheres de todo o país”, pontua Conceição de Maria, co-fundadora e superintendente-geral do Instituto Maria da Penha.


Por isso, a marca de beleza em conjunto com o Instituto Maria da Penha (IMP) e Instituto Boticário lança uma capacitação, com um módulo voltado ao enfrentamento a violência doméstica e familiar contra à mulher, elaborado em co-criação, no qual as participantes poderão acessar gratuitamente conteúdos como os tipos e ciclos de violência, a história da Lei Maria da Penha e orientações sobre como procurar ajuda.


Em um módulo exclusivo denominado “Conhecer para prevenir e romper”, dentro do curso ‘Resgate seu orgulho e empodere-se’, os conteúdos ficarão disponíveis para todas as brasileiras na plataforma do Empreendedores da Beleza - um projeto do Grupo Boticário apoiado pelo projeto 220 Vults -, que coloca a oportunidade da instrução como auxílio no processo de saída do ciclo da violência. A capacitação expande fronteiras e está disponível também em Portugal.


O curso completo conta com 4 módulos. Além disso, o programa oferece  cursos no universo da beleza para quem tem interesse em se profissionalizar e ingressar na área. São eles: Unhas incríveis, Maquiadora de sucesso, Vendedora de milhões, B-A-BÁ do alongamento e Maquiadora profissional - nível avançado.


A lista de interessadas está aberta através do site: https://empreendedorasdabelezagb.com.br/ e o curso estará disponível na plataforma a partir de 08/04. Mais informações em: https://www.vult.com.br/220-vults.   

 



Por,

Gisele Barros

Editora Chefe do Portal ALL SENSEZ

Especialista no Mercado de Fragrâncias

Consultora de Comunicação Especializada em Perfumaria




留言


bottom of page