top of page

SAÚDE MENTAL, CABELOS & AUTOESTIMA

Tudo pra Cabelo revela que 6 em cada 10 mulheres costumam fazer tratamentos como hidratação ou um novo corte de cabelo quando estão passando por estresse e ansiedade



É inegável que a humanidade tem sofrido sérias consequências para a saúde mental depois da pandemia. Mas você já parou para pensar sobre como os fatores emocionais influenciam na aparência dos seus cabelos ou em como sua autoestima está fortemente relacionada ao visual das madeixas? O Tudo pra Cabelo, em conjunto com a empresa Opinion Box, realizou uma pesquisa que traz informações e dados numéricos para quem deseja se aprofundar mais nesse assunto. O hub de conteúdo de cabelos da Unilever investigou sobre a relação das mulheres com os fios, reiterando como ela pode ajudar em vários outros aspectos da vida quando é positiva e saudável. De acordo com a pesquisa, 6 em cada 10 mulheres costumam fazer tratamentos como hidratação ou um novo corte de cabelo quando estão passando por estresse e ansiedade; 70% das mulheres se sentem muito melhores depois que saem do salão, sendo 24% delas muito mais seguras de si.


Quem nunca viveu pequenos dramas capilares como um corte que não ficou legal ou uma mudança radical na cor cujo resultado não valorizou a beleza? Sem falar nas situações mais sérias que envolvem preconceito ou bullying na infância e adolescência, que podem se tornar verdadeiros pesadelos durante a fase escolar. Não faltam relatos sobre isso nas redes sociais hoje e neles fica claro o quanto a relação saudável com os cabelos é essencial para a autoestima feminina. Segundo os experts do Tudo pra Cabelo, o cuidado com a nossa saúde mental não deveria ser feito apenas quando detectamos alguma doença, mas diariamente, com atividades e ações que promovam qualidade de vida, sendo que os cabelos podem ser grandes aliados nesse processo. De acordo com o estudo, 66% das mulheres buscam no cuidado com a aparência uma atividade para se sentir melhor, reforçando como a nossa saúde psicológica e a autoestima são complementares e conectadas. Não é à toa que mudar o cabelo para uma nova temporada da vida chega a ser algo tão natural para tanta gente.



Cabelo é coisa séria?!

Será que em momentos de muito estresse ou ansiedade, as pessoas costumam fazer algum tipo de tratamento ou mudança para deixar o seu cabelo mais bonito e saudável? De acordo com a pesquisa, as mulheres preferem assistir séries ou filmes em casa quando estão buscando relaxar, atividade escolhida por 62% das entrevistadas, seguida pela prática de esportes, citada por 23% e o encontro com amigas ou pessoas próximas, com 21% das respostas. Já para se sentirem melhor quando não estão bem, cuidar da aparência é o principal mecanismo utilizado para melhorar a autoestima, que teve 66% das respostas. Com relação aos fatores emocionais influenciarem no visual dos cabelos, a maioria das mulheres respondeu que, quando está estressada, percebe sintomas nos fios como queda (72%), aumento da oleosidade (28%), ressecamento (28%) e caspa (25%). Além disso, os resultados revelam que as questões emocionais podem sim afetar de forma negativa os cabelos. O estresse se sobressai entre as respostas com 38%, os problemas hormonais e a ansiedade foram citados por 20% das entrevistadas, a alimentação inadequada por 15% e dormir pouco por 7%. Ou seja, para as mulheres, cabelo é coisa séria sim!



Por,

Gisele Barros

Editora Chefe do Portal ALL SENSEZ

Especialista no Mercado de Fragrâncias

Consultora de Comunicação Especializada em Perfumaria



コメント


bottom of page